Um exemplo de que algo esta mal.

Recebi o seguinte comentário, que para o qual terei na minha óptica de dar um especial relevo, foi enviado pelo amigo Carlos de Sines.

"Caros amigos pescadores sou deficiente motor e ate agora contava com a permissão do capitão do Porto de Sines que mediante o pagamento de uma licença suplementar de 25,00€ anual além da licença de multibanco permitia que as pessoas com incapacidade física devidamente certificada através de declaração médica da delegação de saúde, pescassem no cais "dos rebocadores" junto ao clube naval de Sines, o novo comandante do porto não autoriza essa excepção que apesar de ser para um local de fraca pesca era bastante acessível, ora agora resta-me olhar para as fotos de pescarias que fui tirando ao longo da minha vida pois fisicamente estou impedido de pescar nos locais que estão disponibilizados para deficientes, ou seja nenhum, é muito triste ser Português!!!"

Amigo Carlos obrigado pelo contributo, vamos combater as injustiças que nos foram impostas.

Atenciosamente.

6 comentários:

Anónimo disse...

Esse Capitão do Porto deve de ser uma autentica BEST....., ou não tem sentimentos.
Privar um deficiente motor de praticar o desporto que gosta nem merece comentário, toda a gente está a pensar o mesmo que eu......

Henrique Ruas disse...

Será que as pessoas não são capazes de pensar que um dia podem elas estar nessa situação....isto realmente é uma VERGONHA e precisa de acabar.

S. Ferreira disse...

Nem mais!!
Esse Comandante de Porto para além de grande besta é uma criatura sem coração.

Um abraço,

Sargus disse...

Viva, não vou tecer comentários à cerca desse Sr. Comandante do Porto, mas por si só o que poderemos dizer sobre essa questão, a pessoa em causa como centenas pessoas que infelizmente se encontra nessas condições são uma vez mais descriminadas a esse ponto, inclusivel já tive conhecimento de outra pessoa nas mesmas condições que foi autoada por um outro Capitão de Porto e que se encontra a pagar o auto a pestações, como se a infelicidade que acarreta para o resto dos seus dias não chegasse...

Sargus disse...

Viva Henrique.

São as injustiças do dia a dia, e tens razão verdadeiramente isto é uma vergonha e vai ter que acabar a bem ou a mal...

Abraço.

Sargus disse...

Viva Sérgio.

Contra factos não ha argumentos, são as leis que temos que mais uma vez nota-se claramente que são feitas por legisladores abstractos, é só qualidade!

Um abraço.