Condições adversas...

Vento e mais vento

Mesmo apesar das condições adversas, o "Mestre Zé Romão" lá tentou a sua sorte com meia dúzia de sardinhas a servir de engodo, e como isca camarão.

À procura de um sargo

Pescou ao fundo de costas para o vento num local que até tinha algumas condições e que no dia anterior tinha capturado cinco sargos ao fundo.

A persistência pode dar por vezes
um peixe para o jantar

4 comentários:

Anónimo disse...

Cuidado "Mestre Zé Romão" com o engodo , eles andam por ai e as coimas são pesadas.

Pedro Santos

Anónimo disse...

Cuidado Sr. Romão, infelizmente isto está mau, já não é como era noutros tempos

836 Diário da República, 1.ª série — N.º 25 — 5 de Fevereiro de 2009

Artigo 5.º

Iscos e engodos


1 — Os iscos e engodos podem ser naturais ou artificiais,
desde que não sejam constituídos por ovas de peixe
ou por substâncias passíveis de provocar danos ambientais,
nomeadamente substâncias venenosas ou tóxicas ou
explosivos.
2 — Na pesca a partir de embarcação podem ser usados
iscos e engodos.

3 — Na pesca apeada só podem ser utilizados iscos.
4 — Na pesca submarina não é permitida a utilização
de iscos e engodos.

Sargus disse...

Viva Pedro.

Cuidado "Mestre Zé Romão" com o engodo , eles andam por ai e as coimas são pesadas.

Se fosse só o "Mestre Zé Romão"...

Lá nos temos de virar para o Spinning, coitados dos Robalos...

Abraço.

Sargus disse...

Infelizmente isto está mau, já não é como era noutros tempos...

...a pesca esta marginalizada e como tal surge certamente uma maneira diferente de fazer as coisas, existe solução para tudo, menos para a morte...

Por exemplo: Se os comuns pescadores lúdicos já só pescavam ao feriados, sábados ou domingos, agora pescarão certamente todos os dias que possam, se não se pode apanhar sargos, apanha-se robalos, se não se pode engodar com engodo normal (sardinha), utiliza-se a velha pratica (bastante lesiva a meu ver) na maré baixa parte-se mexilhão preso nas pedras como faziam antigamente e com a maré a subir o pesqueiro fica engodado.

Existe solução para tudo, só que infelizmente são bastante mais lesivas para as espécies, temos pena...