Pesca lúdica é crime? Sim ou não?

Esta a decorrer um "Referendo Pesca Lúdica" no "O DESTAK. PT" , a noticia também não é muito elucidativa, mas enfim, seria bom que os visitantes deste espaço fizessem o favor de dar lá um "click" e comentar, obrigado.

No passado dia 5 de Fevereiro saíram em Diário da República novas portarias que definem os condicionalismos ao exercício da pesca lúdica no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.

Inês Carranca | destak@destak.pt

A portaria nº143/2009, publicada em Diário da República no passado dia 5 de Fevereiro, proíbe a pesca lúdica três dias por semana, entre segunda e quarta-feira.

Proíbe também totalmente a pesca lúdica a não naturais e não residentes nos concelhos em causa e limita a apanha do sargo. Estas portarias abrangem somente o Parque natural do Sudoeste Alentejano e da Costa Vicentina.

Será a pesca lúdica um crime?

Contamos com a sua colaboração.

Fonte: destak

3 comentários:

Anónimo disse...

Boas!

permitam-me que não comente, ainda o tentei fazer mas após ler alguns dos comentários lá existentes é melhor que não exponha o meu.

é claro que a pesca lúdica é crime, assim como o é o corte de uma alface que privada de movimento, se torna presa fácil do agricultor...

Onde é que esta sociedade irá parar? Ou os valores estão todos invertidos ou estou realmente a ficar senil.

...

Fernando, aquele abraço!

Mário Baptista

Sargus disse...

Viva Mário.

Fundamentalismos à parte, estamos claramente a defender o sexo dos anjos...

É normal.

Grande abraço.

Anónimo disse...

Grandes comentários lá estão, é certo.
Num deles é indicado com existente um blog de www.movimentodecidadaosdeviladobispo.blogspot.com/ , mas este nome ainda está disponível no google.

Eu estou como o Fernando ou se calhar, pior.
Gostava de ver as caras, os nomes e os interesses dos defensores destas portarias e os seus autores do ICNB e do MAOTDR, num painel, a explicarem-se.

Mas, primeiro segurem-me bem.

Não sei se aguentaria. Eu prezo-me de respeitar pessoas.
Mas...
Azevedo Maio