“Hoje fui a pesca ali para o Treme-Treme, apanhei três batata doces e duas bananas”


Esta foi a forma de protesto encontrada pelos pescadores lúdicos da freguesia do Rogil, concelho de Aljezur, que se mobilizaram no passado dia 24 de Fevereiro de 2009 no Treme-Treme, local situado no concelho de Aljezur.


Ás 10:30 da manhã os pescadores juntaram-se no referido local, apetrechados de suas canas, carretos e chumbadas, anzóis é que nem vê-los.


Acrescentaram então algumas babatas doces, e bananas ”empatadas” aos seus fios, após todos terem lançado suas chumbadas á água.


Foi feito um telefonema á Polícia Marítima para uma denúncia, do outro lado a resposta foi de um atendedor de chamadas.


Pescadores continuaram no local na expectativa que alguma autoridade podesse aparecer, os pescadores estavam expectantes para ver a reacção das autoridades ao serem “apanhados” a pescar a uma Terça-Feira.


Dia proibido para a prática da pesca lúdica na PNSACV, sem anzóis, e a apanhar fruta e vegetais, só que autoridades nem vê-las, é que os senhores das fardas deviam andar muito ocupados.


Foram retirados alguns exemplares como relata a foto, neste caso uma banana, a qual não consta nas Portarias 143/2009.


Sairam também alguns exemplares de batata-doce...
Será que estas espécies não estão protegidas pelo "defeso" restrição à pratica da pesca lúdica, ou será que as mesmas não terão sido colocadas na Portaria por esquecimento...

Texto e Fotos: Mário Fontinhas - Pescador do Rogil - Concelho de Aljezur

O meu agradecimento pelo contributo Mário.

4 comentários:

FISGOPEIXE disse...

foi realmente uma ideia bastante original..ahhahahaha..na volta se realmente estivessem a fazer alguma coisa mal, a guarda era capaz de aparecer..não ha meio de acabar esta vergonha..

Sargus disse...

Viva Fisgopeixe.

Sim é claramente uma boa ideia de contestação a ser efectuada mais vezes ao que parece.

Abraço.

JR disse...

Viva
Querem ver que ainda fisgam alguém atrás da banana.
Ponham uma nota de 50 € num saco de plástico e vêem logo se não vêm fisgado um corru-corru.

Sargus disse...

Viva JR.

Uma nota de € 50?!

As coimas são no mínimo 500 paus...

Eh, eh, eh...

tendo em conta o salário mínimo nacional, vai lá vai...

Abraço.