Polis Litoral Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina arranca em 2010

Costa Vicentina, na zona
da Carrapateira


O Sudoeste Alentejano e a Costa Vicentina vão ter um Polis Litoral, cuja obra se deve iniciar em 2010 e terá um investimento de 40 milhões de euros em três concelhos, anunciou este domingo, no Algarve, o ministro do Ambiente.

"O Polis para esta zona vai intervir numa área extensa - em Vila do Bispo, Aljezur e Odemira - e fará claramente a diferença, sendo um projecto de excepcional significado", disse o ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Desenvolvimento Regional Nunes Correia, à margem da inauguração do Centro de Interpretação de Vila do Bispo.

De acordo com o ministro, as intervenções, que deverão iniciar-se em 2010, com prazo de conclusão previsto para três anos depois, vão deixar "uma marca de mudança, sem negar os valores naturais, mas conciliando o desenvolvimento económico e social".

Nunes Correia adiantou que algumas das acções específicas do quarto Polis Litoral (já existem os do Norte, Ria de Aveiro e Ria Formosa) passam por valorizar as áreas balneares, proteger as arribas, criar percursos de visitação, ecovias e ciclovias, e melhorar núcleos populacionais.

Fonte: Barlavento

3 comentários:

Ricardo disse...

Boa tarde sargus,

O Sudoeste Alentejano e a Costa Vicentina vão ter um Polis Litoral, acho que é uma acção positiva.

Mas estive á procura de informação sobre o programa polis e não encontrei nada a não ser a noticia na comunicação social.

Se vão ser utilizados 40 milhões de euros, onde estão os projectos de execução da intervenção;

Onde estão os estudos, segundo os quais se chegou a conclusão para a intervenção;

Onde estão os estudos de impacto ambiental;

Como vão ser distribuídos os 40 milhões;

Quais os materiais que vão ser usados;

Quais os benefícios que o Polis vai trazer exactamente para a população local e visitantes;

Não basta dizer que é Polis…

Se alguém souber onde posso encontrar tal informação agradecia que coloque a informação neste blog s.f.f.

Obrigado

Abraço.

Sargus disse...

Viva Ricardo.

Desde já obrigado pelo comentário.

Também já deves ter conhecimento deste link.

http://www.polis.maotdr.gov.pt/

40 milhões a dividir por 3 ou 4 concelhos dá 10 milhões cada concelho, não sei se será suficiente pelo menos para melhorar as acessibilidades do litoral entre Vila do Bispo e Sines por exemplo, e o resto?

Quanto a estudos não deve existir para não variar, os estudos de impacte ambiental devem ser dispensados uma vez mais como foram os de Sines, ainda ontem passei pela zona aquilo é uma vergonha, dois cordões de fumo amarelo na direcção da Serra de S. Luís até faz doer a alma.

Quanto aos benefícios não sei ao certo, não conheço nenhum projecto pelo menos para já...

Assim que souber mais alguma coisa informo.

Abraço.

Sargus disse...

Ricardo talvez de futuro possas encontrar por aqui alguma informação, como é o caso do actual Polis para a Ria Formosa.

Abraço.

http://www.parqueexpo.pt/vPT/
Projectos/Pages/HomeProjectos.aspx