Órgãos sociais da ANPLED


Na sequência da Assembleia Geral de Associados Fundadores, que se realizou a 4 de Abril, em Fontanelas - Sintra, a ANPLED - Associação Nacional de Pescadores Lúdicos e Desportivos, elegeu os órgãos sociais necessários ao seu funcionamento. A lista eleita pelo período de um ano é a seguinte:

Lista A

Assembleia Geral

Presidente: João Miguel Costa

Vice-Presidente: Dinis Ermida
Secretário: Nuno Monteiro

Suplente: Raul Ferrão

Direcção Presidente: João Emílio Borges

Vice-Presidentes: Fernando Encarnação e Jó Pinto
Secretários: Gil Monteiro, Fernando Sousa e Ricardo Cascais
Tesoureiro: Rui Rodrigues

Suplente: Luís Nabais

Conselho Fiscal

Presidente: José Amorim

Vogais: Vítor Maia e Ramiro Santos
Suplente: Paulo Correia

Conselho Permanente Sócios Fundadores:

Mário Barros, José Afonso, Júlio Monteiro, Diogo Águas e Paulo Santos

Suplente: Alberto Reis

Entre um conjunto de assuntos igualmente debatidos pelos presentes, foram aprovadas as quotas da Associação sendo o seu valor consultável na ficha para associado que anexamos, bem como no site www.anpled.org, o qual embora em construção, contém desde já informação sobre os assuntos da associação.

Foi decidido igualmente na Assembleia de Fundadores, iniciar de imediato uma campanha nacional de angariação de associados, para a qual conta com a colaboração de importadores, na distribuição das fichas de adesão, e das lojas de pesca, na informação e divulgação da associação.

Em reunião da Direcção realizada no final do passado mês foi decidido adoptar o logotipo supra reproduzido após consulta promovida pela Direcção e de acordo com as propostas que entretanto foram recepcionadas.

Solicta a Direcção da ANPLED, que os associados fundadores, bem como todos os que manifestaram interesse em ser associados efectivos, ou o venham a manifestar, imprimam, preencham todos os campos obrigatórios da ficha para associado e a enviem de acordo com as instruções contidas na referida, acompanhada pelo valor da quota e de uma fotografia tipo passe para :

ANPLED - Associação Nacional de Pescadores Lúdicos e Desportivos

Apartado 1168
EC Agualva- Cacém
2736-999 Agualva - Cacém

Deverão identificar o pagamento claramente, através do nome completo e morada, remetendo comprovativo conjuntamente com a proposta.

Constituída com os objectivos de defender e divulgar a pesca lúdica e desportiva, a ANPLED, está aberta à participação de todos os interessados, que se revejam nos seus objectivos e queiram contribuir para uma legislação mais justa e equilibrada.

Nesse sentido e de acordo com contactos preliminares já efectuados, tanto com o poder politico como legislativo, irá de imediato iniciar o agendamento de audiências ao mesmo tempo que produzirá um documento sobre as portarias 143 e 144/2009, contestando aquilo que coloca em causa o presente e o futuro da actividade, bem como sugerindo outras que lhe parecem apropriadas.

CONTAMOS COM TODOS OS INTERESSADOS NA DIVULGAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO.

DEFENDER - PESCAR - PRESERVAR

A Direcção da ANPLED - Associação Nacional de Pescadores Lúdicos e Desportivos

4 comentários:

Anónimo disse...

Uma grande vitoria para quem não percebe (ou tenta incombrir) o que está por de trás destas portarias.

Para tal enquanto não reporem as coisas como estavam esta guerra não Pára !!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

CONCORDO COM ISTO, VAMOS AVANÇAR COM ESSA ASSOCIAÇÃO PARA ENSINAR AO GOVERNO O QUE É A PESCA LÚDICA DE MAR E AGUAS INTERIORES.

MAS CUIDADO QUE ELES MENTEM MUITO, CONSEGUIRAM ENGANAR OS ALGARVIOS E ALENTEJANOS COM A PESCA DA NOITE, SÃO ESPERTOS OS GAJOS POR ISSO É QUE ESTÃO NO GOVERNO.

Sargus disse...

Viva anonimo, para quem nem se identifica, que grandiosidade de comentário.

Na minha optica foi uma vitória, uma vez que com os apoios das Camaras, juntas de freguesia, cidadãos residentes no PNSACV e fora do mesmo, se conseguiu dar animo à revolta e se conseguiu algumas alterações (não as que pretendiamos), mas tentamos juntos criar bases para que a revisão fosse a mais uniforme e correcta.

Perante isto, imagino ou deduzo que o "amigo" ao criticar de certo nada fez, ou então não se deu ao trabalho...

Houve um grupo que perdeu horas em reuniões, euros em deslocações, por carolice para o bem de todos, mas pelo menos o amigo não conseguimos agradar.

Também sei e imagino que estará algo por trás destas portarias, bem como do POOC e POPNSACV, mas isso serão batalhas a serem travadas noutra altura...

A sua guerra pelo que me apercebo é diferente da nossa, não critico nem reprovo, é livre de o fazer e dizer o que bem pretende, mas não diga que ninguém percebe ou que anda a encobrir, fica mal...

Abraço.

Sargus disse...

Lamentavelmente houve uma vaga de anonimatos...

Caro anónimo.

Finalmente temos uma associação, que para já necessita de sócios, será essa associação representativa dos associados pescadores lúdicos e desportivos, que defenderá os interesses dos mesmos, não se trata de uma "educação".

Quanto ao outro paragrafo apenas creio que terá um pouco a razão ao mencionar a questão da pesca da noite, mas creio que essa é permitida nas praias não concessionadas, nas praias concessionadas (fora o horário de concessão) e até algo em contrario nas falesias que não pretençam as zonas de proibição total.

Abraço.