Jornada nº3 - Sargos



Uma nova jornada de pesca aos sargos, desta vez acompanhado pelo meu amigo Pedro Rosa, que tambem ja tinha saudades de uma pesca ao sargo.

Á chegada ao pesqueiro, já se tendo iniciado o enchente, apenas estava no local um pescador "local", daqueles que não engoda com sardinha, utilizando as tradicionais iscas da maré, naquele caso tiagem (anelideos).

Como as condicões se apresentavam com algumas movimentações de areias de fundo, aquela era a isca essencial para dar umas capturas e tal aconteceu...


Este foi o pesqueiro escolhido por mim, aparentemente sem condições pois os bancos de area diambulavam consequtivamente aquando das investidas do "set" a 4 X, era caso para pensar se daria para ficar ou desistir daquele local...

A minha resposta era que aquele local daria uns peixes mas teriamos de aguardar umas duas horas, e assim foi...


Os cogumelos de areia, apontavam a força exercida da ondulação do "set" conjugada com a revessa da mesma ondulação, associada aos fundos rochosos.


O engodo foi sardinha, e as iscas foram o tradicional camarão congelado.

Os exemplares capturados foram sendo armazenados num balde onde previamente tinha sido colocada água do mar, para conservação e não libertação da tonalidade ensaguentada da água para o local.


O resultado dos dois foi este...


De salientar o bom lote de exemplares, tendo sido libertados cerca de uns vinte exemplares.


Fernando Encarnação


Pedro Rosa


Pescador local que pescava ao fundo com tiagem, tendo realizado algumas capturas.

Foi mais uma jornada de pesca ao sargo com um bom resultado.

9 comentários:

Ricardo disse...

Boas Fernando,
mais uma excelente pescaria aos sargos. Quem sabe, sabe!
Já tenho saudades de uma pescaria dessas. Continuas em grande e segundo o Paulo Matos me disse tambem és grande! lol
Parabens e boa continuação.
Abraço
Ricardo Ferreira

Pedro Nunes disse...

Ehhhh Fernando!
Isso é só Sargaria ai p esses lados hamm, agora vingas te dos dias em k ñ nos deixaram pescar :)
Abraço

Anónimo disse...

Bela Pescaria !!!!
Para não variar excelente relato e fotos a condizer.

Abraço,
Miguel Coucello

Sargus disse...

Viva Pedro.

Não se trata de "vingança", mas sim de saudades...

Vão aparecendo uns peixinhos nas jornadas...

Abraço

Sargus disse...

Viva Coucello.

Faltavas lá tu, para virar um sargote daqueles...

Abraço

Nota: Já vais dando sinal, algo deve estar para acontecer...

MR disse...

Bela caixa de sargaria, muito bom.

Parabens aos dois

AB

Toño disse...

Buena pesca de sargos. Me alegro que estéis de nuevo a ellos.
La sardina para engodo la picais siempre en el spot?, Fresca? A que precio está por alli la sardina?

Gracias, un saludo

Sargus disse...

Hola Toño, sí volví a pescar, el pequeño ya esta a quedar grande y la prohibición de pesca del sargo en mi zona ya terminó por este año, como las saudades ya eran muchas, fue el regreso...

"La sardina para engodo a picáis siempre en el spot?"

Depende de algunos factores (altura del año, pesqueros de piedra más hondos o menos hondos, local donde queremos colocar los sargos, etc), pero no propiamente de una regla, en este caso fue incluso por comodismo y para que las gaivotas no anduvieran a picar en el pesquero para comer los restos de sardina que flotaban.

"Fresca?"

Siempre congelada, és más barata y más gorda.

\"A que precio está por alli la sardina?\"

1 a 1,10 € kg

Gracias por el comentario, uno cordial saludo

fernando portimao disse...

um abraco do teu amigo fernando martins de odemira visinho da tua tia rosa boa pesca.