Semana Gastronómica da Cavala no Concelho de Odemira


Entre os dias 25 e 30 de Setembro, será promovida uma semana gastronómica em diversos restaurantes do concelho de Odemira, dedicada à cavala, espécie de alto valor nutricional e de preço acessível, capturada em abundância ao largo da costa alentejana e que permite confeccionar pratos de especial sabor bastante apreciados a nível local.

Pretende-se com esta iniciativa incentivar a utilização gastronómica da cavala e lançar o desafio aos profissionais do sector da restauração, contribuindo assim para um enriquecimento da gastronomia local. A organização pertence ao Município de Odemira, em colaboração com a Associação de Armadores da Pesca Artesanal e do Cerco do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina e conta com os apoios das Juntas de Freguesia de Longueira/Almograve, S.Teotónio, Vila Nova de Milfontes e Zambujeira do Mar, restaurantes aderentes, da Fábrica de Conservas La Gondola, Lda e DOCAPESCA.

Assim, poderão ser apreciados saborosos pratos confeccionados com cavala em perto de vinte restaurantes das localidades de Vila Nova de Milfontes, Praia das Furnas, Longueira, Almograve, Cruzamento de Almograve, Cavaleiro, Zambujeira do Mar, Azenha do Mar e Odemira.

Esta iniciativa surge também no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Turismo, promovidas pelo Município de Odemira e pela Região de Turismo da Planície Dourada, no dia 27 de Setembro, que irão decorrer em Vila Nova de Milfontes.

A cavala pertence à família dos atuns, embora mais pequena. Destaca-se pelo seu teor em proteínas, semelhante ao da carne de vaca, baixo teor em colesterol, para além de ser uma boa fonte de vitaminas e sais minerais. É ainda de salientar a composição da gordura, constituída, maioritariamente, por ácidos gordos polinsaturados, cujos efeitos benéficos para saúde têm sido cada vez mais realçados por médicos e nutricionistas.

A tradição consagrou a utilização da cavala na confecção de pratos muito simples, como a cozedura em água à qual se junta orégãos para realçar o sabor, mas também escaladas. Contudo, vários mestres cozinheiros já criaram pratos mais elaborados à base de cavala. Encontram-se também no mercado conservas de filetes e de ‘cavalinhas’ com muita qualidade, que podem ser utilizadas na preparação de “entradas” e saladas. Permite também obter produtos fumados de excelente aspecto, sabor e qualidade, produtos com grande procura em países como França e Inglaterra.

2 comentários:

José Cavalheiro disse...

Boas
Gostei deste roteiro gastronómico sobre o evento de gastronomia em Odemira.
Vou agora ver o resto do blog.
Fica bem

FE disse...

Boas caro José o meu agradecimento pelo comentário, não sabia que também andavas pela blogosfera.
Grande abraço.