Marés passadas IV

No ultimo fim de semana e após um convite do Paulo Cabrita, ficou combinado mais uma jornada marafada, onde o Nuno Caçorino e o António também nos acompanharam, após um café no local combinado, lá nos fizemos ao pesqueiro, chegando ao local verificamos boas condições de mar, mas com a agua bastante turva e barrenta motivada pela afluência de águas que desaguam dos barrancos no mar. 

Conforme a subida do mar começaram a sair alguns bons exemplares, onde os mais pequenos eram devolvidos à proveniência.

Ainda saíram três douradas, a maior tendo sido capturada pelo Paulo e as outras duas  pelo Nuno, que também capturou um belo robalo, com a sua isca de eleição "decapódes"...

Fomos brindados por uma grandiosa queda de água, mas era água santa que não passava o neopreme dos fatos...




Os maiores exemplares da nossa pesca conjunta.

Valeu a pena estar uma manha na companhia dos amigos marafados, onde a jornada é sempre uma surpresa que o diga o Nuno...

12 comentários:

MR disse...

É marafados, vai mas é dar o biberon ao puto, lol

Sargus disse...

Eh, eh, eh, ao sabado tenho ordem de soltura...

;)

Tenho dado poucos tenho...

;)

PêJotaFixe disse...

Ó Alento-Marafado, para além dos biberons ainda tens muitas fraldas que mudar! AHAHAHAHAH Vê lá se consegues sair, de surra, para mais uma pesca matinal até à hora do almoço, este Sábado. eheheheh

Abraço e saudações piscatórias

Matos disse...

Boas Fernando,

eu andava a estranhar não publicares nada.... mas afinal a gafe foi minha Major ;) hehehehe

Outro dia apaguei sem querer toda a minha lista de blogs e esqueci-me que re-adicionar o teu.....hehehe

As minhas desculpas amigo ;) já lá estás !

Grd abr, Matos

Sargus disse...

Viva PJ,

So te digo que os treinos durante a semana dão resultados ao fim de semana...

;)

Se houver condições especificas "I will be there", sabes que passagens a nado ou de prancha, adrenalina, sargos capachões, formas de os enganar e a vossa companhia e boa disposição são ingredientes mais que suficientes para uma boa jornada de pesca com amigos.

Abraço.

Sargus disse...

Viva Matos,

"eu andava a estranhar não publicares nada..."

O tempo não tem sido muito, a prioridade actual é o meu descendente...

;)


Grande abraço e força no spinning

Anónimo disse...

Eu não digo nada ... O pejota é um cagão do caraças, tu parece que andas com a leita toda :D

Vão mas é trabalhar cambada !!!!


Um grande abraço.

Dá lá uma mini ao puto por mim :P

Miguel Coucello

Sargus disse...

Viva Miguel, so te digo que deviam proibir o engodo e a utilização de anzois, canas e carretos...

"Vão mas é trabalhar cambada !!!!"

Mais um mês volto, mas por enquanto só posso ir ao sabado e é até ao meio dia...

"Dá lá uma mini ao puto por mim :P"

Bebe todos os dias...

Grande abraço e porta te bem...

PêJotaFixe disse...

Amigo Fernando,
Gostaria que publicasse, ao abrigo do direito de resposta, este comentário.
O Miguel Coucelo, mais conhecido por Sargo de Aviário ou Mal Amanhado, como preferirem, diz que sou um cagão. Gostaria de lhe perguntar, depois de estarem 4 coxos à pesca e um Matateu escolher o anzol dele para se ferrar, quem será o maior cagão? AHAHAHAHAH

Abraço e saudações piscatórias aos 2 ; ))

Nuno Caçorino disse...

Ó Nadinho... só um pequeno reparo! Eu apanhei a dourada mais pequena e também a maior e tenho que te agradecer por teres "jogado" a mão ao bicho! Qual foi a surpresa amigo (eu que o diga??)! Recorda-me mizade! Esta semana apanhei mais outro robalo a sul de Aljezur... a iscar e engodar avec sardina! .... 5kgs é qb para... LOLLL.

Grande abração amigão.

NC

Sargus disse...

Paulo, isso da sorte é um pouco como o iman a atrair metal...

O Coucello tem desses esquemas na pesca...

;)

Sargus disse...

I Sir Caçorino.

Nadinho... só um pequeno reparo! Eu apanhei a dourada mais pequena e também a maior e "tenho que te agradecer por teres "jogado" a mão ao bicho!"

Não tens de agradecer, e recordo-te que nesse dia fui o crock do robalo e da dourada (maior) :)

"iscar e engodar avec sardina! .... 5kgs é qb para..."

Eh eh eh voçes vem cá comer à mão a pouco e pouco...


Grande abraço.