Mar do Norte / Estuário do Sado

Dois vídeos que acho preocupantes um Internacional e outro Nacional, quer um quer outro, tem como tema de fundo as más politicas ambientais e sustentáveis, quer um quer outro tem como principal atentado o meio ambiente, a fauna e a flora.

Deixo referencia as fontes dos locais onde constatei os mesmos.

Internacional: Metade de todo o peixe capturado no Mar do Norte é devolvido borda fora morto




Fonte: fishfight robalosnaalma

Nacional: Estuário do Rio Sado - Atrocidades



Fonte: Pesca tuga

As imagens falam por si...

5 comentários:

Joana disse...

Falta muita educação neste povo português! Que vergonha. joana

Sargus disse...

As leis da UE também deixam muito a desejar, as espécies sem valor económico ou gastronómico, sem medidas e/ou para além das cotas tem como final o Catch and Release mas no formato "Morto".

Não seria bem melhor autorizar os pescadores a trazer o pescado capturado morto e entrega-lo a Instituições de solidariedade, é que este simples factor podia matar a fome a muito Europeu...

SpinnMaster-TEAM disse...

Boas Major,

em primeiro lugar acho que as redes estavam lá só para enganar, aqueles cações todos foram pescados por um pescador lúdico que estava escondido.

Em segundo lugar acho que és muito brando em relação aos pescadores profissionais.

Amigo Fernando, uma história que aconteceu o ano passado aqui na Nazaré.

Um dia fui á pesca e nunca vi tanta gaivota junta na minha vida, parecia o filme do Alfred Hitchcok, os pássaros.... uma coisa descomunal.

O que aconteceu: uma traineira carregada até aos dentes de Sardinha
faz um telefonema para a lota da Nazaré e vê que o preço de venda da sardinha está muito baixo....

e não tem mais nada, tudo borda fora sem pestanejar, isto com a intenção de fazer SUBIR o preço da sardinha na lota !!!

A humanidade vai pagar pela sua ganancia... isto é o mundo real que eles todos querem esconder !

Eu sei que não são todos, mas imagina a parede da tua sala de estar de casa, uma parede grande e branca.. de repente dás com um pontinho preto (quase indetectável) nessa parede...

Esse pontinho é o grupo dos pescadores profissionais que se importam.....

Capitão Sargus um grande abraço e desculpa o testamento da minha revolta ;)

António Matos disse...

Arre que custa ver tanto desperdício e morte.
Abraço

Anónimo disse...

Confrangedor !

Cptos
Mário Pinho