Gotas de água no Oceano


Sines: Fuga à Lota

O destacamento de Sines da Unidade de Controlo Costeiro da GNR apreendeu, mais de cem quilos de pescado processado de forma irregular, por fuga à primeira venda em lota e respectiva inspecção sanitária.

Fonte: imais.pt

Nazaré: Arrastão interceptado, Pesca com rede ilegal

Os pescadores do arrastão ‘Mar Ibérico’ ainda tentaram esconder a prova do crime, mas a forma como actuou a Polícia Marítima da Capitania do Porto da Nazaré não lhes deu margem de manobra. Ficaram sem 3,5 toneladas de pescado e sem as redes ilegais que usavam para aumentar os rendimentos da faina.

Fonte: cmjornal.xl.pt



2 comentários:

PêJotaFixe disse...

Amigo Fernando,
Depois de tantos alertas lançados e das irregularidades cometidas por alguns pescadores nas barbas das Autoridades, vêm agora as entidades fiscalizadoras tentar tapar o sol com uma peneira.

Abraço e saudações piscatórias

Sargus disse...

Boas amigo Paulo.

Se compararmos a pesca lúdica com a pesca profissional em termos de autos levantados, situações deste tipo e afins, se calhar não existe comparação possível entre a pesca lúdica (aqueles que capturam alguns kg de peixe) e a pesca profissional (aqueles que capturam algumas centenas de kg de peixe), toda a boa gente sabe que se praticam e que existem estes casos e variadíssimos outros, mas pouco ou nada fazem e depois falam do PNSACV como se soubessem de tudo, mas claro está que não, esses casos aqui não acontecem ou não se vêem noticias desse tipo porque será? Serão todos cumpridores...

Mas ainda bem que é assim, apesar de um Sargo (daqueles que estão em defeso actualmente) me ter dito ao ouvido que existe para ai uma Guerra nas autoridades (como se nós não soubéssemos disso à muito tempo), enquanto a PM anda na sua caça à multa (ao que parece recebem comissão), o EPNA e BF não recebem qualquer compensação por auto o que origina o descontentamento como é óbvio...

Será que o sargo me enganou ou terá sido uma ferradela de 1 de Abril?

Abraço