Tempestade sobre a Bretanha - 2007

video

Em 9 de Dezembro de 2007 caiu sobre a Bretanha uma tempestade como documentam as imagens, este local é conhecido pelo poder e revolta do mar...

Raz de Sein é uma extensão de água localizada entre a ilha de Sein e da Pointe du Raz, Finistère, Bretagne, França.

Este mar é uma passagem necessária para os navios que pretendam passar entre o Atlântico e o Canal Inglês.


Esta é uma zona de navegação muito perigosa, devido às correntes marítimas violenta das marés (até 6 nós), faz com que o mar a subir rapidamente, e recomenda-se que os navios pesados só deve tentar atravessar esse estreito com água parada durante condições calmas.

A Raz de Sein é delimitada pelos faróis e Vieille La Petite Vieille, e pelas bordas de Île de Sein.

Pointe du Raz


O Pointe du Raz é um promontório que se estende para o Atlântico a partir da Bretanha Ocidental na França.

O nome em bretão local é Beg Raz ar. É o ponto mais ocidental do município de Plogoff, Finistère.
Pointe du Raz vista por satélite.

É nomeado após o Raz de Sein, o trecho perigoso da água entre ela e a ilha de Sein (Enez Sun em bretão). É um lugar dramático pelo bater das ondas e ventos fortes.

O farol de "La Vieille" é claramente visível a partir das rochas.

Fonte: photos-france.net

6 comentários:

PêJotaFixe disse...

Amigo Sargus,
O faroleiro encheu 10 caixas de peixe numa hora só com o chalavar!!! Eheheheh

Abraço e saudações piscatórias

Sargus disse...

Boas Paulo, encheu, encheu...

A estar lá alguém deve ser uma coisa fora do normal mesmo...

Adrenalina a 200% só pode...

Abraço.

bruno disse...

tem de se contratar o os construtores desses farois, para vir fazer o pontão da ericeira.

Bom video!!
obrigado pela partilha.

Sargus disse...

Viva Bruno.

É verdade, pelo menos estas estruturas tem efectivamente uma resistência e duração significativa, garantia segura, não é bem o caso da estrutura que referiste...

Infelizmente essa situação continua na mesma correcto?

Abraço e obrigado pelo comentário.

PêJotaFixe disse...

Amigo Fernando,
Se for adrenalina a 200%, garantida, avise-me com antecedência da próxima tempestade para eu reservar os bilhetes!!! Eheheheh

Abraço e saudações piscatórias

Sargus disse...

Boas Paulo.

Diz me lá o que achas?

Estar dentro daquela estrutura e a cada investida pensar que aquilo se parte tudo, pois não deve ser como estar deitado no quarto...

;)

Abraço.