Lula ao Spinning - 2,822 kg

Lula com 2,822 kg

Na passada Quinta feira o meu amigo Pedro Rosa deslocou-se ao final do dia a um local onde tinha avistado uns robalos nas ondas no dia anterior, robalos nem sinal nesse dia, mas após alguns lançamentos com a Maria Angel Kiss teve a felicidade de capturar este maravilhoso exemplar, mais um troféu que não são assim tão fáceis de encontrar, o spinning tem destas coisas...

Pelo relato da captura este exemplar não causou uma grande luta, para além de algumas investidas que antes de se iniciarem, causaram a impressão de que juntamente com a artificial viriam algumas algas.

Dados da captura:

Peso: 2,822 kg
Corpo: 56 cm
Cabeça: 15 cm
Maiores tentáculos: 49 cm
Tamanho total: 1,20 m


Um troféu capturado com a Maria - Angel Kiss

Quanto à espécie em si, a lula é um molusco marinho da classe dos Cefalópodes a que pertencem também os polvos e os chocos, que estão entre os invertebrados mais inteligentes e mais rápidos, apresentam o corpo dividido em cabeça, tentáculos e vísceras.

A lula é caracterizada por uma cabeça e olhos bem desenvolvidos, a boca redonda de um bico quitinoso capaz de partir, rasgar e/ou inutilizar as presas e rodeada por braços e tentáculos.

O principal órgão de ingestão é um par de poderosas mandíbulas móveis, em forma de bico de papagaio, que podem cortar e rasgar a presa, como complemento para optimizar a sua caça e para matar a vítima, existe um par de glândulas salivares que se transformou em glândulas de veneno.

1,20 cm de comprimento total

A sua velocidade de deslocação na água deve-se ao desenvolvimento do sistema de propulsão e o seu corpo perfeitamente fusi-forme proporciona-lhe grandes prestações no hidrodinamismo de deslocação, pelo seu pouco atrito.

Estes cefalópodes estão altamente adaptados para a caça e são carnívoros.


Parabéns pela captura Pedro e obrigado pelas fotos ;)

Mais info em: thecephalopod

15 comentários:

AcsNeves disse...

Boas Fernando

De facto é caso para dizer" e esta hemm!!!". Há coisas que não lembra ó diabo, imagino o pensamento dele na hora " pronto, já engatei nos limos..." e depois saiu essa surpresas.
Desejo-lhe uma boa caldeirada, que deve ser aqui da ponta da orelha!!

Um abraço dos Algarves

FISGOPEIXE disse...

ja sabia que a "BOGA" era uma matadora, mas apanhar lulas e logo desse calibre...!! parabéns, bela lula..

Sargollini disse...

Belo espécime!

Parabéns ao Pedro


Um abraço para ti Fernando
Sérgio

Sargus disse...

Viva Sérgio.

É de facto um lulão...

Abraço e boas pescarias por ai...

;)

Sargus disse...

Boas Fisgo.

A Boga varre tudo, inclusive a nossa paciência, mas neste caso foi uma agradável surpresa sem duvida.

Abraço.

Sargus disse...

Boas Neves.

É mais um facto mas não foi a primeira o amigo João Borges já o ano passado tinha capturado uma nas Bicas com aproximadamente 1.5 kg.

Mas entre o artista pensar nos limos e sair uma menina destas vai uma grande diferença.

Uma caldeirada ou feijoada...

Obrigado pelo comentário.

Abraço.

;)

Anónimo disse...

BRUTAL

MAS QUE GRANDE BICHO

OS MEUS PARABENS

QUALQUER DIA VOU SPINAR COM TONEIRAS

BOA PESCA

ABRAÇO

JS

Sargus disse...

Viva JS

Desde já obrigado pelo comentário.

É de facto um belo troféu com quase 3 kg e 1.2 m de tamanho total, já tem umas boas medidas...

Abraço.

António Simões disse...

Invulgar de facto.Parabéns a ambos, ao pescador e ao comentador, pelo texto didáctico,esclarecedor.
Sem duvida o melhor blog que tenho prazer em ler todas as semanas.

Um abraço
António Simões

Sargus disse...

Viva caro amigo António.

Bons olhos leiam as suas palavras...

;)

Desde já obrigado pelo comentário.

De facto um tanto ou quanto invulgar tal captura deste exemplar e do seu tamanho avantajado.

E quanto ao amigo, já se está a preparar para o regresso a Corrubedo e aos sargos tamanho XXL?

;)

Isto por cá tem andado um bocado agreste em termos de tempos, quer o meteorológico, quer o lúdico, pois o estudo é muito e os trabalhos mais ainda, mas em breve conto com o regresso ás jornadas de sargos e robalos...

Grande abraço

Anónimo disse...

Preciosa captura, muy guapa, enhorabuena, saludo.

PêJotaFixe disse...

Amigo Fernando,
Nesta altura do ano é normal as lulas "terrearem", e tudo o que mexe elas atiram-se. Como já tinha-mos falado, existem sitios quentes ondem é normal apanharem-se vários exemplares.

Abraço e saudações piscatórias

António Simões disse...

Caro e Amigo Fernando,
A campanha já começou em Outubro e terminará em Junho.Agora já so pesco lá ao fim-de-semana. Acabou-se a vida de pescador de semana á Portuguesa, porque a vida profissional é outra e também porque já não me dá gosto pescar pela minha zona(falta de peixe,poluição, artes ilegais, balanceiros,etc, etc.)
Está a correr muito bem com grandes exemplares, grandes robalos á mistura, no sistema do pião sem engodagem.Novas áreas e novos pesqueiros descobri pelo que todas as saídas são uma aventura.A adrenalina é fantástica,a luta é brutal,sinto-me feliz, muito feliz por lá. A galiza está-me no sangue porque vim agora a descobrir que na minha familia no pricipio do séc. alguns galegos trabalharam para o meu bisavô na construção do Douro e suas vinhas. Estou a preparar um conto em homenagem a "Pepe o galego e ao seu mar".Vai ver vai ser o meu ultimo e melhor conto.A derradeira viagem...
Até lá um grande abraço forte de saudade e alegria.

António

Sargus disse...

Viva caro amigo Paulo.

Sim já tínhamos falado sobre isso, mas não deixa de ser um acontecimento não muito usual, pelo menos para estes lados e numa jornada de spinning onde a espécie alvo seria o robalo, mas, como diz o ditado popular, "um anzol na água é uma forca de peixe", neste caso fateixas...

;)

Grande abraço e até breve.

Sargus disse...

Pois é amigo António, a grande campanha aos XXL nem que seja somente ao fim de semana continuará a ser sempre aquela aventura por terras da Galiza...

Quanto à disponibilidade de tempo para a pesca também no meu caso ando um pouco ocupado com outras actividades, mas ao que parece também a pesca por estas bandas já não é o que era, criaram-se medidas restritivas para a pesca neste local, inclusive uma area de proibição total onde não é bem assim quefunciona, pois para a pesca profissional continua a ser um local de visitas regulares com ou sem artes ilegais, continuam a ser feitas lá boas pescas, não fosse aquela area AREA de PROÍBIÇÃO TOTAL para pescadores lúdicos.

Quanto aos balançeiros sempre houve e sempre haverá, disso não tenho a menor duvida, o que poderá ter acontecido foi a consciêncialização de alguns praticantes.

Quanto à campanha por terras de nostros hermanos, os exemplares são aqueles que se sabe, boas e outras consciências de ver o tema pesca tão diferentes das nossas (portugueses). Quanto às areas de novos pesqueiros será a eterna procura atraves da experiência e da aventura.

As maiores felicidades com a area profissional e ludica de fim de semana, também para o "Pepe o galego e ao seu mar" e nunca diga que será o ultimo, porque haverá muitos mais...

Cá aguardo o conto...

Grande abraço caro Amigo e até breve...