Caviar, nunca viu só ouviu falar...

video

Vídeo enviado por email, Obrigado.

O Esturjão é um peixe cujas ovas são consideradas iguarias, sendo a sua mais famosa utilização das ovas deste peixe é o famoso caviar.

Esta espécie de peixe é mais típica da região dos mares do Golfo Pérsico, como o Mar do Irão, devido à iguaria feita das suas ovas, e a sua ameaça de extinção, o Esturjão é uma espécie que preocupa os ambientalistas e empresas marítimas que têm nele interesse económico.

O Esturjão-comum (Acipenser sturio) poderá atingir aproximadamente três metros e meio 3,5 m e aproximar-se aos trezentos kg de peso, esta espécie cujas fêmeas produzem até 6 milhões de ovas por ano, com as as quais é preparado o caviar.

A sua duração em vida pode aproximar-se ou ser superior à do Homem, pois pode chegar aos cem anos.

Esturjão-comum (Acipenser sturio)

Por um lado, está será a única espécie a ser capturada não por causa da carne mas sim unicamente pelas suas ovas.

Embora a sua maturidade aconteça por volta dos 7/10 anos para os machos, medindo aproximadamente 110 a 115 cm, nessa altura, enquanto as fêmeas atingem a sua maturidade aos 8/14 anos, medindo aproximadamente nessa altura entre os 120 a 180 cm
(Naturlink).

Uma espécie destas que podem produzir entre 800 000 e 2 400 000 ovos, e mesmo assim estar em vias de extinção, para além da procura em termos de pesca, existe ainda a destruição das zonas de postura, a construção de obstáculos à migração e a poluição são causa apontadas para o seu desaparecimento cada vez mais visível.

Classificação científica

Reino:Animalia
Filo:Hordata
Classe:Actinopterygii
Ordem:Acipenseriformes
Família:Acipenseridae

2 comentários:

Anónimo disse...

Obrigado Sargus.

A partir de um vídeo quiçá comercial,construiu uma mensagem educativa sobre o peixe numa perspectiva global, inteligente e digna de registo.

Assim, dá gosto visitar este blogue.
AL

Sargus disse...

Obrigado pelo comentário.

Sim o verdadeiro intuito desse vídeo é ilustrar o factor negativo/positivo dessa actividade vista de negativa por uns e de positiva por outros, a mensagem esta lançada resta que que observa o vídeo faça as suas próprias conclusões...