Pesque, não suje !


A Câmara Municipal de Aljezur promoveu, mais uma vez, à limpeza dos principais pesqueiros na área do município. Em simultâneo lançou a campanha subordinada ao lema “Pesque, não suje !”, com a colocação de painéis informativos onde os frequentadores habituais dos referidos pesqueiros podem tomar contacto com o “estado” a que alguns locais chegaram por força de comportamentos que se consideram inadmissíveis e intoleráveis para quem “ama e defende” a pesca lúdica.

A autarquia teve ainda a oportunidade de apresentar oficialmente a problemática às várias Associações, nacionais e regionais, na expectativa de serem desenvolvidas, junto dos seus associados, amigos, colaboradores e “amantes da pesca lúdica”, acções que visem a correcção deste tipo de comportamentos.

A Câmara questiona-se mesmo, como e até quando poderão, associações e autarquias continuar a sua “luta” pela alteração das portarias da pesca lúdica que queremos e pretendemos ver alteradas, quando tais práticas constituem um verdadeiro “cheque em branco” para que qualquer governante possa restringir ainda mais, prática tão ancestral e importante para o Município de Aljezur, em presença das verdadeiras “lixeiras” em que alguns pescadores transformaram tão afamados pesqueiros.

Certos que conseguiremos despertar consciências, acreditamos que os utilizadores e visitantes destes espaços assumam de vez comportamentos cívicos que salvaguardem, defendam a pesca lúdica, e o património natural que a todos pertence.

Fonte: CM Aljezur

6 comentários:

SpinnMaster-TEAM disse...

Boas Fernando,

ora aí está um tema que ainda não meti no "meu" blog, mas que não irá tardar...

Aqui na nossa zona não temos tantos pesqueiros como os vossos...mas pescadores poluentes temos muitos...e a maior parate da embarcada pois muito do lixo que se ve nas nossas praias, vem va pesca embarcada ;)

E não só...

Grande abraço Master Fernando ;)

Kaywox disse...

Olá fernando.
gosto desta campanha...exemplo a seguir em centenas de autarquias.

"e se proibirem de pescar aqui"... de certo que muito abriam os ohos

Pedro Nunes disse...

Boas Sargus!
Pois, é por ainda haver pescadores desse tipo k os pesqueiros estao cheios de lixo, kem paga essa factura somos todos nós, k ficamos com a má fama de sujar os pesqueiros... tenho vezes de trazer 3 e 4 sacos de lixo de certos pesqueiros.
Abraço

Anónimo disse...

http://web.me.com/p.serra/www.soscostavicentina.com/Bem-Vindos.html

e estes se os priobem de ir lá acabam com o turismo barato wque so tras caravanas de camones e nao so viva o verao viva o allgarve vava as cavaranas lixo lavagens no mar fogareiros a trabalhar no mato ai nao ha incendios por sorte

João Carlos Claro disse...

Caros amigos

Estamos no bom caminho. É difícil, demorada e muitas vezes ingrata qualquer iniciativa de alterar o hábito "cultural"(!) de deixar o saco de plástico, a garrafa ou o maço de tabaco que se levou até ao pesqueiro, mas que pelos vistos custa a trazer de volta.
Parabéns e coragem ao Município de Aljezur e a todos os que apoiam este princípio básico de cidadania e de respeito pelo ambiente.

Saudações,
João

PêJotaFixe disse...

Amigo Fernando,
No Domingo passado nas Pias (Carrapateira), concelho de Aljezur, enchi 2 baldes de lixo que trouxe para o contentor junto do parque de estacionamento. Todas as vezes que vou à pesca trago o lixo dos outros. Gostaria de ver os pseudo-defensores da natureza e os "grupinhos" criados pelas Autarquias no âmbito da iniciativa "Limpar Portugal" a fazerem o mesmo, para além de outros pescadores. É que não é só posar para a foto; não é só escrever e dizer mal dos pescadores; não é só ser ambientalista porque está na moda. É preciso passar das palavras aos actos e é isso que eu não vejo. Falar e escrever é fácil. Vergar a mola e apanhar o lixo dos outros é LIX(ad)O! Para terminar gostaria de deixar uma mensagem para todos: Limpar Portugal é todos os dias!

Abraço e saudações piscatórias