6º Sentido

Um percebeiro em plena apanha

Carlos Lázaro no Spinning

Mata Piolho - Baía da Nau

Arranha camisas entocado

A água doce que corre para o mar

Pesca ao sargo de barco

O Vulgarmente conhecido "Durazío"

Alexandre Alves e Carlos Lázaro no Spinning

Polvo em plena alimentação

8 comentários:

Pedro batalha disse...

Olá Fernando, mais uma vez nos brindas com uma fotos muito bonitas deste nosso litoral e fauna.
Gostei bastante da foto de água doce que corre para o mar.
O mesmo elemento a convergir em plena natureza...muito bonita.
Abraço

Sargus disse...

Boas Pedro,
São tantas as fotos que por vezes tenho dificuldades em selecionar um conjunto.

Também gosto particularmente dessa foto da água, união por mais que se divida.

Obrigado pelo teu comentário.

Abraço

Ricardo disse...

Viva!

Soberbos momentos!
Soberbas fotos!
Soberbos locais!

Estás com um olho fantástico para os capturar, parabéns! É fruto de muito conhecimento e paixão, e nota-se!!!

Abraço!

Sargus disse...

Boas Ricardo,

Obrigado pelo teu comentário.

É tudo graças ás ferias que já lá vão...

Abraço!

Anónimo disse...

Espéctaculo!

Onde estam estas pedras?????

Porra, fartei-me de calcurrear cabeços e só vi fragas e ravinas...

Ó mãe dá-me agua!

Esse teu feeling para a captura de ''momentos'', é como a vida de marinheiro; Dá cabo da gente!

Abração

Mário Baptista

Sargus disse...

Boas Mário,

Estas pedras são um pouquinho mais abaixo do local onde estiveste a beber umas cervejas connosco.

"Esse teu feeling para a captura de ''momentos'', é como a vida de marinheiro; Dá cabo da gente!"

É outra "doença" que tenho, vicio.

;)

Grande abraço

Anónimo disse...

Boas,

Excelentes fotos de excelentes locais. Infelizmente não conheço bem essa zona em termos de pesca mas em breve tenho ir dar uma voltinha pela zona nem que seja para apreciar essa beleza natural.
A foto da zona da Baía da Nau é pura e simplesmente fantástica. Imagino se a malta consegue ir para cima desse matacão as surpresas que esses pesqueiros podem reservar.

Abraço
Sérgio Tente

Sargus disse...

Boas Sérgio Tente,

Obrigado pelo comentário., aconselho te a vir cá mais tarde, depois do Verão aprecias melhor a beleza natural.

"A foto da zona da Baía da Nau é pura e simplesmente fantástica.Imagino se a malta consegue ir para cima desse matacão as surpresas que esses pesqueiros podem reservar."

Sim a malta consegue ir lá para cima, o acesso à frente (lado frontal ao mar)é uma pouco complicado mas faz-se. È uma zona com uma profundidade razoável (20-25 m frente) costuma lá dar uns sargos e por vezes uns pargos.

Abraço