#9


O estado do mar iria alterar-se em breve e como a sondagem em dias anteriores tinha acusado movimentações, nada como começar a noite com uns lançamentos.

Após a chegada ao local escolhido, misto de pedra e areia, que nas ultimas jornadas se tem revelado interessante em termos de frequência de robalos. O mar ainda permanecia com uma pequena ondulação, o mar proporcionava um óptimo "espraiar" da ondulação e chagando ao local coloco um Hardcore Minnow, ao fim de meia dúzia de lançamentos tinha o primeiro exemplar ferrado.

Passado alguns lançamentos a varrer uma área, outro exemplar ferrado. 

Estava a realizar as ferragens muito próximas de mim, mas continuei a lançar o artificial ao limite dos lançamentos, sorte/coincidência ou não, o local tinha uns peixes...

Foram libertadas duas pequenas bailas e um robalo do tamanho do artificial.

Artificial: Hardcore Monnow 210 - Duel
Multifilamento: Power shot 0.20
Carreto: Sun Reef 5008 - Sert
Cana: Luxxe Spin - Vega

4 comentários:

Vitor Caçorino disse...

Excelente pesca na modalidade dita chibateira mas uma das mais apaixonantes modalidades de pesca.O melhor período do ano começou e a experiência também dita regras.Um abraço e continuação de boas pescarias.

Vitor Caçorino

Nuno Caçorino disse...

Fernando,

Deste com um viveiro natural de robalos! Espetacular!
Aí está uma pesca... do mais lindo que há com artificiais!
Excelente bro / grande malha!
Abração.

Sargus disse...

Viva caro Vítor, é uma modalidade diferente da outra que fazemos, não sujamos as mãos com sardinha, por vezes fazemos capturas consideráveis, é uma pesca poética (nascer/por do sol e noite), mas é a espectacularidade de lançarmos os artificiais para a espuma e sentirmos aqueles ataques que cativam mesmo...

Grande abraço

Sargus disse...

Boas, dei com o restaurante deles, conforme vim a constatar três dias depois desta captura, no resultado da minha ultima pescaria #10.

Abraço