Labrax - Dose dupla

Spinning o vicio

No inicio da madrugada de uma manhã fria, mas que perspectivava boas condições quer de mar como de vento, coisa que não tem ocorrido nos últimos dias, o despertar surgiu mais cedo, com a chegada ao local escolhido, as condições batiam certo com as previsões, e lá se iniciou mais uma jornada.

Perfeitas condições

Com bastante oxigenação do mar derivada do mar de metro a metro e meio, águas claras e romper da manhã, lá comecei a jornada e como em equipa que ganha não se mexe, a escolhida foi a "Saltiga", que ao terceiro lançamento deu os seus frutos.
Passados alguns lançamentos mais heis que surge outro exemplar que me deu bastante trabalho, uma vez que ficou preso numas pedras submersas, mas lá o consegui recuperar.

Os dois exemplares capturados

Ainda esperei até ao voltar da maré mas não senti mais nenhum ataque, infelizmente a "Saltiga" ficou por mares oceânicos, presa numa pedra submersa, trabalho do ultimo exemplar que de alguma forma, após a sua prisão na pedra fragilizou o multifilamento que acabou por partir após uma pequena pressão.

2,800 kg e 1,800 kg

Estes talvez sejam os últimos exemplares capturados este ano, pois dificilmente poderei voltar às jornadas até ao final do ano.

As capturas

Fundo: Misto
Maré: Baixa-mar
Peso: 2,800 kg - 1,800 kg
Técnica: Spinning
Artificial: Daiwa Saltiga
Multifilamento: Fireline Cristal 0,17 mm
Cana: Vega - Predador
Carreto: Vega - Regal 40

10 comentários:

Anónimo disse...

Boas.
Andas com a mão quente...vai lá vai!
Abraço.
Ruca

Sargus disse...

Boas Ruca.

Mão quente, com um frio destes não é bem o caso, talvez um pouco de sorte, mas só quem não vai é quem não se sujeita a estas capturas.

Obrigado pelo comentário caro amigo.

Abraço.

Pedro batalha disse...

Boas grande Fernando
Estás em grande com os Robalos, imagino se tivesses andado a fazer esta pesca à mais anos.....
Que continues com essas belas capturas.

Grande abraço

tpsk disse...

OLÉ Fernando.

Felices Fiestas

Anónimo disse...

Boas e Santas tardes!!

Só não percebo uma coisa, porque é que apanhas sempre aos pares? Será alguma campanha do genero; PAGUE UM, LEVE DOIS...

Eheheh... Esses teus mares ainda tem aquele encanto o que somado á tecnica e persistência da tua pessoa dão estes frutos...

Continuação!

From Caparica City; Aquele abraço!

Mário Baptista

Sargollini disse...

Grande Fernando q;^)

Mão quente é favor...

Eu já vou com 12 ou 13 grades...

Boas continuações ;)

Um abraço
Sérgio

Sargus disse...

Boas Pedro.

O Neptuno meteu uma cunha nos robalos, bem sabes como isto é, andamos um tempo sem grandes capturas, mas depois eles vão aparecendo.

Obrigado pelo comentário.

Grande abraço

Sargus disse...

Hola Toño.

Obrigado pelos votos, te desejo igual

Felices Fiestas

Cordial saludo compañero.

Sargus disse...

Odemira transmite:

Boas Grande Mário!

"Só não percebo uma coisa, porque é que apanhas sempre aos pares? Será alguma campanha do genero; PAGUE UM, LEVE DOIS..."

Estamos no Natal e o Neptuno é generoso, só pode...

Sim, estes mares tem alguma coisa de especial, a magia e o encanto que transmitem em cada jornada.

Obrigado pelo comentário e um Feliz Natal para ti e para os teus.

Abraço para a Caparica.

Sargus disse...

Viva Sérgio.

Desde já o meu agradecimento pelo comentário.

Não te vás a baixo com as grades isso é apenas temporal, falo por mim, o ano passado cheguei a contar com 23 seguidas sem peixe decente, libertava tudos os inferiores a 1 kg.

Mas eles foram crescendo e tem aparecido também aliado a um pouco de sorte.

Grande abraço e Feliz Natal para ti e para os teus.